Quem Somos?

O Espaço t - Associação para Apoio à Integração Social e Comunitária, é uma IPSS, tutelada pelo Ministério da Saúde, com fins de saúde e com o Estatuto de Utilidade Pública. É reconhecido desde 2008 pela Comissão Nacional da UNESCO, como um Clube UNESCO.

O Espaço t surge, em 1994, num contexto social onde o empoderamento das pessoas não era uma prioridade e o trabalho com os grupos vulneráveis era muito frágil e centrado no grupo homogéneo. Criou-se a noção de grupos abertos heterogéneos, onde a riqueza dessa heterogeneidade evidencia um carácter diferenciador e de inclusão.

O Espaço t, o “t” significa todos, é um espaço aberto que utiliza a Arte como instrumento de desenvolvimento de competências artísticas, pessoais, sociais, culturais e formativas. O principal elemento diferenciador da Instituição é a promoção da inclusão de todos, desde o “dito normal” até ao individuo com doença mental e/ou física, pessoa com deficiência, imigrantes, pessoas com dificuldades psicossociais, e todos os outros.

O Espaço t acredita que a Arte é a linguagem das emoções e do não dito!

Missão

Enquadramento do indivíduo em atividades artístico-culturais e/ou formativas, de modo a estimular as capacidades expressivas e desenvolver o investimento em si próprio. Promover a mudança social, com vista à aceitação da diferença pela sociedade.

Visão

Temos como objetivo modificar as atitudes, os valores e as aptidões, promovendo uma mudança positiva do estilo de vida, desenvolvendo a autoestima e o autoconceito.

Valores

O Espaço t fomenta relações de confiança duradouras assentes no princípio da seriedade. Influencia, de forma positiva, a qualidade de vida das pessoas. Promove o rigor e a exigência com os colaboradores e com os outros, para que a mudança seja contínua e assegure a melhoria da organização.

Órgãos Sociais

Fórum dos Cuidadores

Com o objetivo de melhorar a metodologia do Espaço t, com vista ao aumento da sua eficácia, eficiência e da sua autossustentabilidade, o Espaço t decidiu convidar um grupo de personalidades de reconhecido mérito.

O Fórum dos Cuidadores é constituído por treze individualidades, sendo o seu Presidente, o Eng.º Paulo Azevedo.

Missão

- Validar as atividades do Espaço t, apresentando sugestões, propostas, indicar “caminhos”, solicitar informações sobre o funcionamento da Associação.

- Promover a partilha de vivências e aceitação da diferença, sugerindo atividades que se revelem propícias a este tipo de experiências.

- Desenvolver no seio dos membros cuidadores, espírito de cooperação e voluntariado, convidando-os a desenvolverem para e com o Espaço t, estratégias e planos nestas áreas para uma melhor capacitação e resposta às necessidades da instituição ao nível da sustentabilidade.

- Participar sempre que possível nas atividades promovidas pela Associação, envolvendo-se na elaboração e construção de uma sociedade mais justa e equilibrada.

Competências

a) Apreciar os planos de atividade e relatórios de gestão e contas de natureza anual e plurianual, com emissão de parecer.

b) Apreciar todas as informações que tiverem por necessárias para o acompanhamento das atividades.

c) Apresentar sugestões e recomendações aos órgãos sociais, quanto às atividades da associação ou a quaisquer outros assuntos que lhe digam respeito.

d) Solicitar informações sobre o funcionamento da Associação.

e) Dar parecer sobre qualquer matéria que lhe for apresentada para o efeito pela Direção do Espaço t.

f) Contribuir para a definição de estratégias em todas as áreas fulcrais da associação.

Conselho Consultivo para a Interculturalidade

O CCI – Conselho Consultivo para a Interculturalidade foi criado pelo Espaço t em 2015. O CCI apoia e acompanha as atividades culturais, sociais e formativas dos diferentes membros, o funcionamento da rede de parcerias e a divulgação das atividades. No âmbito da interculturalidade e da imigração, o CCI pretende efetuar um trabalho em rede através da realização de iniciativas e eventos que visem a promoção da interculturalidade, usando a arte, linguagem universal, como instrumento de inclusão. O CCI tem como objetivo a dinamização e promoção de exposições, colóquios, palestras, workshops manifestações artísticas de arte pública, canto, música, cinema, feiras temáticas, entre outros, tendo como fim último a inclusão e disseminação das culturas de diferentes países.

A Equipa de Todos os dias

Os Nossos Prémios

Ao longo dos anos, o Espaço t tem sido distinguido em diferentes áreas de intervenção com a atribuição de prémios e menções honrosas. Este facto motiva-nos, cada vez mais, a fazermos melhor e contribuirmos para uma sociedade mais inclusiva.

2015 - Prémio Glow Woman Club, de Melhor empresa com práticas no feminino

2014 - Prémio BPI Capacitar

2014 - Prémio EDP Solidária

2013 - 3º Lugar na categoria de Serviço Social do Prémio Hospital do Futuro

2013 - 1º Lugar Prémio Cooperação e Solidariedade - António Sérgio – Categoria Boas Práticas

2013 - Medalha de Valor e Altruísmo Grau Ouro – C.M. Porto

2012 - Prémio “Dote IPSS” atribuído pela Sector 3 – Consultoria de Gestão

2012 - 3º Lugar na categoria de Prevenção da Obesidade do Prémio Hospital do Futuro

2012 - Prémio Boas Práticas na temática “Respostas Sociais” pelo Centro Distrital do Porto do Instituto de Solidariedade Social, Entidade Coordenadora da Plataforma Supraconcelhia do Grande Porto

2012 - Corpo Evento – Ciclo de Espetáculos em Teatro e Dança reconhecido pelo Instituto Nacional para a Reabilitação como Projeto de Mérito

2012 - Iniciativa de Elevado Potencial de Empreendedorismo Social ES+

2010 - Menção Honrosa “Igualdade é Qualidade”, atribuída pela Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego e Comissão para a Igualdade de Género

2009 - Prémio Infante D. Henrique pela Confraria das Tripas à Moda do Porto

2008 - 3º Lugar na categoria de Serviço Social do Prémio Hospital do Futuro

2007 - Nomeado para o Prémio internacional Raymond Georis Price: The Mercator Found pela Fundação Calouste Gulbenkian

2006 - Prémio “Igualdade é Qualidade”, atribuído pela Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

2004 - Prémio “Albino Aroso”, atribuído pela Associação para o Planeamento Familiar

2004 - Menção Honrosa “Igualdade é Qualidade”, atribuída pela Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

2002 - Menção Honrosa “Igualdade é Qualidade”, atribuída pela Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

2001 - Prémio “Manuel Lopes” – Menção Honrosa na categoria de Boas Práticas, atribuído pelo IEFP

2001 - Prémio “Saber +”, atribuído pela ANEFA - Associação Nacional de Educação e Formação de Adultos

2000 - Prémio do Concurso Nacional de Boas Práticas de Educação e Formação de Adultos, pela ANEFA

As Nossas Redes

O Espaço t é membro ou integra as seguintes organizações:

- ANIMAR

- Conselho Local de Acção Social do Porto (CLASP)

- Rede Social da Trofa

- Rede Social de Lisboa

- Rede de Associações, Centros e Clubes UNESCO

- Federação de Associações, Centros e Clubes UNESCO

- Signatário da Carta Portuguesa da Diversidade

- Membro do Conselho Consultivo da UNESCO, em representação da Rede de Associações, Centros e Clubes UNESCO e da Escolas Associadas UNESCO

- EAPN Portugal/RedeEuropeia Anti-Pobreza

- UDIPSS

Espaço t no tempo

2018
Espaço t recebe a Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa – Maria Manuel Leitão Marques Exposição "O amor não é um lugar comum"
2017
Palcos para a Inclusão - Porto, Maia e Trofa
2016
Criação do Fórum dos Cuidadores Espaço t Início do Projeto Pró-Equal
2015
Criação do CCI - Conselho Consultivo para a Interculturalidade Projeto "O Meu País no Teu" Palcos para a Inclusão (Bairros Sociais do Porto)
2014
Encontro Internacional FPACU: "Património, Diversidade e Tradição" 1º Mercado de Vilar Prémio BPI Capacitar
2013
Medalha de Valor e Altruísmo Grau Ouro - Câmara Municipal do Porto Início do Projeto Cercarte E6G Bairro do Cerco
2012
Abertura da Loja da Felicidade Congresso Internacional Espaço t: "A Felicidade" Espaço t - Iniciativa de Elevado Potencial de Empreendedorismo Social ES+
2011
Árvore de Natal "Onde o Homem encontra o Homem" Projeto "X e Y, uma realidade a alterar"
2010
Revista Espaço Con(tacto) nº 17 "Ser Total" Projeto "Mais Igualdade"
2009
"Homem t - Um Projeto de Felicidade" Congresso internacional Espaço t: "O Desejo" Abertura do GIP - Gabinete de Inserção Profissional
2008
Novas instalações na Comunidade de Inserção do Espaço t - Porto Inauguração da Quase Galeria Criação do Clube Unesco Espaço t
2007
Campanha "Rostos por uma Causa" - Angariação de fundos para a construção da nova sede Congresso Internacional Espaço t: "Morte, Cultura e Arte" - Seminário de Vilar "Do Porto para o Mundo - Pedaços de um Manifesto"
2006
Lançamento do ”Guia para um Seropositivo de Sucesso” Implementação do Projeto "Crescer & Saber" no âmbito do Programa Escolhas 3ª Geração Prémio "Igualdade é Qualidade", atribuído pela CITE
2005
Criação da Galeria Espaço t Abertura do Centro Novas Oportunidades Espaço t
2004
Exposição “Cuecas de Gente” Mudança de instalações da sede do Espaço t do C.C.Capitólio "Prémio Albino Aroso", atribuído pela Associação para o Planeamento Familiar
2003
"Quem compra o outro?" Leilão - Ordem dos Médicos 3º Congresso internacional Espaço t: "O Silêncio, o Ruído e tudo o Resto"
2002
"Olhar os Outros" - Intervenção fotográfica das fachadas da Faculdade de Ciências e Jardim da Cordoaria
2001
"Di-visões - uma exposição para os individuais e para os outros", Quartel Bom Pastor Criação da Filial da Trofa Prémio Saber +, atribuído pela Associação Nacional de Educação e Formação de Adultos
2000
1ª Congresso Internacional Espaço t "A arte pode ser terapêutica?" - Seminário de Vilar Prémio do Concurso Nacional de Boas Práticas de Educação e Formação de Adultos, atribuído pela Associação Nacional de Educação e Formação de Adultos
1999
O Presidente da República Dr. Jorge Sampaio, visitou o Espaço t no âmbito de uma Presidência Aberta à cidade do Porto Criação da linha urgência Espaço t
1998
Corpo Evento 1º Ciclo de Espetáculos em Teatro e Dança - Cooperativa do Povo Portuense Revista Con(tacto) nº 1
1997
"O outro lado da Nudez " - Exposição de arte: texto, pintura e instalação - C. C. Capitólio Criação do departamento de emprego - Univa, em articulação com o IEFP
1996
"Cavalo de Ferro em Format XL" Exposição de Fotografia Estação de S.Bento
1995
"Do pé para a Mão - Exposição de Sapatos de Gente Famosa"
1994
Fundação da Associação Espaço t

As Nossas Políticas

Ao longo dos anos o Espaço t tem tentado criar um conjunto de políticas para melhor poder ir ao encontro das necessidades da população e, por outro lado, para promover internamente políticas que favoreçam o crescimento da cultura Espaço t junto dos seus colaboradores.

Qualidade

O Espaço t define uma política de permanente desenvolvimento do seu “know-how” criando uma dinâmica de procura constante da satisfação dos seus clientes.

Considera, por isso, como fator estratégico para o seu sucesso e consequente crescimento, uma política de qualidade, visando a satisfação dos seus clientes, sócios, fornecedores, colaboradores e sociedade em geral, definindo para isso alguns princípios. Saiba mais aqui.

Igualdade

No Espaço t, acreditamos que uma aspiração face à igualdade não necessita de negar a diferença, antes a pressupõe. O objetivo da igualdade de oportunidades entre mulheres e homens é para esta instituição, reconhecer a diversidade, respeitando a idiossincrasia e os direitos de cada um/a, independentemente do género, crença ou identidade. Ciente da realidade em que se encontra inserido, o Espaço t assume a promoção da igualdade de oportunidades entre mulheres e homens como uma medida de justiça social. Não defendemos a masculinização da mulher ou a feminização do homem mas antes a complementaridade. Não pretendemos mudar tudo, apenas o que está mal! Assim, concebemos e temos implementadas boas práticas coadjuvantes da igualdade de oportunidades e dela reflexo, que nos conduziram à distinção, em 2002, 2004 e 2010 com menções honrosas e a obtenção do primeiro lugar em 2006 do prémio “Igualdade é Qualidade”, atribuído pela CITE.

Saiba mais aqui.

Ambiental

O Espaço t definiu uma política ambiental com o intuito de preservar os recursos naturais, bem como a sua utilização cuidada e atenta, com vista a proteger o meio ambiente. Assim, o Espaço t rege-se por uma filosofia que tenha por base o respeito pelo meio ambiente-

Saiba mais aqui.

Privacidade

Para o Espaço t a privacidade é um valor que respeita e protege.
Temos consciência que os dados pessoais a que temos acesso e que tratamos são dos seus titulares e não nossos e, por isso, redobramos a proteção. A Política de Privacidade reflete o nosso compromisso e o respeito pelas normas legais que internacional e nacionalmente protegem os dados pessoais.

Saiba mais aqui

Os Nossos Documentos